sábado, 24 de outubro de 2009

“As crianças olham; as crianças fazem – influencie positivamente”

video

O ser humano é moldado pelo meio em que vive; e são nos primeiros anos de vida, ou seja, ao lado dos pais que a personalidade começa a ser moldada.O vídeo anexo foi um dos melhores já produzidos até hoje em termos de educação. Não a educação escolar,mas a educação intrínseca ao ser humano.

Qual é o seu exemplo?


A partir do dia 10 de outubro os alunos que cursam a 1ª, 2ª e 3ª séries da rede pública do DF poderão abordar a violência no ambiente escolar se inscrevendo no concurso de redação promovido pelo Sindicato dos Professores no Distrito Federal (Sinpro-DF) com o tema: “Violência! O que você pensa disso?”. Dada a importância do concurso no desenvolvimento pedagógico do aluno e na reflexão do tema infelizmente tão comum nas escolas do país, o incentivo é fundamental, pois é mais ótima oportunidade de ajudar os alunos a adquirirem o hábito de escrever e refletir sobre temas atuais. As inscrições serão feitas pelo site www.sinprodf.org.br/concursoredacao, no período de 10 a 30 de outubro. Os alunos classificados serão informados em suas escolas e a premiação acontecerá no dia 12 de dezembro de 2009.

Regulamento do concurso de redação " Violência, o que você pensa disso?"

sábado, 3 de outubro de 2009

Cyberbullying


É a forma virtual de praticar Bullying. É uma modalidade que vem preocupando devido seu efeito multiplicador do sofrimento das vítimas. Na sua prática utilizam-se das modernas ferramentas da Internet e de outras tecnologias de informação. Passível de punição, de acordo com o Regimento Interno Escolar e com o Estatuto da Criança e do Adolescente. A vítima, juntamente com o seu responsável, deve procurar a Delegacia Especializada em Crimes Cibernéticos, caso não disponha dessa Delegacia em sua cidade, procure a Delegacia de Polícia ou a Promotoria da Infância e Juventude. Não existe uma legislação específica, mas isso não impede o desenvolvimento do trabalho da polícia. Cometer um crime na Internet é como cometer em qualquer outro lugar, aliás, é pior, porque na Web os criminosos sempre deixam resíduos traumáticos nas vítimas. Nos casos de delitos contra a honra, calúnia, difamação e injúria, (recordistas de ocorrência) a vítima deve imprimir as páginas ou e-mails onde foram publicadas as ofensas para servirem como provas na abertura do inquérito.

video


" Sofri pensando no sofrimento das crianças e adolescentes. É preciso que as escolas tenha consciência do "Bullying" e incluam nos seus projetos educacionais, a criação de um espaço de PAZ."

Rubem Alves

Você já ouviu falar em Workplace Bullying?


Há alguns anos, um fenômeno nada agradável tem sido tema de preocupação entre especialistas da área educacional: o chamado Bullying.
Apesar de ocorrer com maior frequência no ambiente escolar - entre crianças e adolescentes - infelizmente, este também é uma figura presente no cotidiano de muitos adultos, nos seus ambientes de trabalho, com a denominação Workplace Bullying.
Consiste em situações em que um ou mais trabalhadores são submetidos a condutas negativas, como humilhação, perseguição, discriminação e maus-tratos no trabalho, sem que possam se defender, constituindo-se em afronta à sua dignidade. A violência moral no ambiente de trabalho não é um fenômeno novo. As leis que tratam do assunto ajudarão a atenuar a existência do problema, mas não o resolveram de todo. Há a necessidade de conscientização da vítima e do agressor(a), bem como a identificação das ações e atitudes, de modo a serem adotadas posturas que resgatem o respeito e a dignidade, criando um ambiente de trabalho gratificante e propício a gerar produtividade. Essa prática é passível de indenização na esfera trabalhista, e vem sendo aplicadas com severidade pelo judiciário, como forma de coibir a disseminação de tal prática, que é abominável.